O cupim come madeira?

Como os cupins se alimentam



Os cupins comem madeira?

Esta pode, a princípio, parecer uma pergunta boba ou até óbvia. Mas às vezes surge a dúvida.

Tudo bem, é fácil constatar que os cupins destroem a madeira, principalmente para quem já teve um móvel perdido para esses insetos. Mas às vezes não conhecemos bem os insetos que invadem nossas casas (lembrando que para eles, nós somos os invasores). E pinta a dúvida: esse bichinho realmente está comendo a madeira que ele está destruindo? Ou ele é como a formiga, que constrói sua casa na terra mas não necessariamente come terra? O cupim apenas constrói seus ninho na madeira que ele está "roendo"?

Como o cupim se alimenta


O cupim se alimenta sim da madeira. A substância que ele procura é a celulose, que também é encontrada em derivados da madeira, como por exemplo, folhas de papel.Porém, o cupim não consegue digerir a celulose (assim como nós, humanos). Então, como eles tiram seu sustento da madeira?

Os cupins dependem então, de protozoários, bactérias ou fungos que vivem dentro de seu aparelho digestivo. Esses organismos digerem e excretam a madeira comida pelos cupins, e o cupim por sua vez retira nutrientes dessa excreção. Esse tipo de relação entre organismos na natureza é chamado simbiose. Ambos os organismos (por exemplo o cupim e o protozoário) se beneficiam dessa relação, pois ambos dependem do outro para conseguir comida.

É por isso que alguns métodos de combate ao cupim funcionam. O ácido bórico, por exemplo, mata os protozoários digestivos do cupim, que por sua vez morre de fome.

Fontes: http://termite.wikidot.com/

quinta-feira, 22 de novembro de 2012 by L DM
Categories: | Leave a comment

Métodos Naturais para Exterminar Cupins: Óleo de Laranja

Acabar com os cupins com óleo de laranja



Usar óleo de laranja é um dos métodos naturais para acabar com os cupins, e talvez o mais popular e menos complicado.

O que é o óleo de laranja

O óleo de laranja é extraído a partir das glândulas da casca da laranja. O princípio ativo é o D-Limoneno, que é um inseticida natural, mas de baixa toxicidade para mamíferos, ou seja, é inofensivo para as pessoas e os animais da casa, além de não provocar reações alérgicas.

O óleo de laranja vem sendo utilizado na aromaterapia (no combate à ansiedade e depressão), na fabricação de perfumes e até na culinária.

Como funciona o óleo de laranja no combate aos cupins

O óleo de laranja é como um veneno para os cupins. As emanações (vapores) do óleo matam os cupins. Além disso, o óleo é facilmente absorvido pela madeira. Quando o cupim se alimenta dessa madeira, ele morre.

Quando usar o óleo de laranja no combate aos cupins

O óleo perde rapidamente sua eficácia.

A utilização do óleo de laranja só é recomendada para focos pequenos de cupim, quando apenas um móvel ou uma pequena parte da madeira está comprometida pelos cupins.

Caso haja um grande foco, ou a casa inteira e sua estrutura estejam comprometidos, o óleo de laranja não será tão eficaz.

Nesses casos, é necessário considerar uma detetização (descupinização) profissional, ou outros métodos, que podem ser aliados ao uso do óleo de laranja.

O óleo de laranja também pode ser utilizado na prevenção do cupim. No mercado há limpadores de uso geral baseados em D-Limoneno, e até mesmo o óleo de laranja propriamente dito pode ser passado nos móveis. Além de evitar que o cupim se instale em sua casa, o óleo deixa no ambiente um agradável aroma cítrico. Prevenir sempre é a melhor medida!

Comprando óleo de laranja

Ao comprar óleo de laranja para usar contra cupins, fique atento à sua eficácia. Há muitos produtos disponíveis, mas certifique-se de que o produto adquirido tenha uma concentração de D-Limoneno capaz de matar os cupins. Concentrações baixas não serão eficazes.

Certifique-se também de adquirir o óleo em spray caso os cupins estejam instalados em fendas ou outros lugares difíceis de alcançar. Se você quiser apenas prevenir o cupim, basta passar um pano com o óleo nos móveis. Ninhos de cupins subterrâneos podem requerer que você compre alguma espécie de injetor que possa alcançar a infestação.

Geralmente essas embalegens e aparatos, e até mesmo o óleo de laranja, podem ser adquiridos em home centers (casas de bricolagem e mateirais para reforma). Em caso de dúvidas, peça orientação aos atendentes da loja.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 by L DM
Categories: , , | 1 comment

Como evitar cupins

Como evitar o cupim?



Já dizia o sábio, o melhor método é a prevenção.

Mas como prevenir que cupins apareçam em nossas casas?

Há várias medidas que podemos adotar, dentro ou fora de casa (que é de onde vêm os cupins).

Dentro de casa

Cupins adoram lugares pouco ventilados, com pouca luz e muita madeira. Além disso, eles precisam de umidade para sobreviver. Portanto, mantenha os cômodos da sua casa arejados, bem iluminados pelo sol, e evite que qualquer objeto de madeira tenha contato direto com o chão.

No quintal ou no jardim

Cupins preferem consumir madeira morta, com pouca matéria orgânica. Portanto, coloque adubo, principalmente esterco, na terra próxima à sua casa. Isso aumentará a quantidade de matéria orgânica, o que afastará os cupins desses locais.

O cupim tem vários predadores naturais. Entre eles, as moscas, vespas, besouros, aranhas, pássaros, formigas, sapos e lagartos. Encoraje alguns desses predadores a viver em seu jardim ou quintal, plantando arbustos e árvores, que servirão de abrigo para esses animais. Eles, por sua vez, agradecerão mantendo os cupins sob controle. Mas, lembre-se: plante arbustos e qualquer outra planta a pelo menos 25 cm da casa, sem contato direto com a parede ou fundações. Caso contrário, essas plantas se tornarão verdadeiros convites para o cupim entrar em casa!

Tratamento químico

Você pode contratar uma empresa ou profissional para aplicar um tratamento químico específico a cada 3 ou 5 anos. Esses tratamentos geralmente vêm com uma garantia, e previnem a infestação por cupins.

Algumas empresas já oferecem tratamentos naturais, ou controle biológico. Leve isso em consideração se você quer evitar produtos químicos.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 by L DM
Categories: , | Leave a comment

Informações Básicas sobre o Cupim

Informações práticas sobre os cupins

 

 


Antes de você adotar um método de descupinização, é importante conhecer o "inimigo".

Aqui não entraremos em todos os detalhes sobre o cupim. É um bicho interessante, com uma sociedade complexa, e há muita informação sobre ele. Mas aqui só falaremos o bastante, informações úteis para o público alvo do nosso blog: pessoas que estão sofrendo com a ação desse bichinho, perdendo móveis de madeira para eles, e até mesmo o teto ou a estrutura da casa.

Há mais de 2.900 espécies de cupins, no momento, apenas duas espécies interessam, as que costumam "invadir" nossos lares. 

É sobre eles que falaremos abaixo.



Cupim de madeira seca:

É o que ataca os móveis de madeira. Ele come a madeira e produz um pó granulado da mesma cor da madeira, que geralmente encontramos atrás ou embaixo do móvel que está sendo devorado. Esses cupins podem permanecer 15 anos no mesmo móvel. Porém, nunca entram em contato com o solo, e por isso são mais fáceis de combater.




Cupim de subterrâneo ou de solo:

Esse sai em grandes revoadas em determinada época e se instalam nas paredes de concreto.
Produzem túneis de terra característicos (à primeira vista parecem "estradinhas de terra" sobre a parede). Entram no solo, no concreto, na parede. Podem infestar um prédio inteiro, de cima para baixo. É o mais difícil de ser controlado.


Prejuízos

Ambos os tipos de cupim se alimentam de celulose, uma substância encontrada principalmente na madeira, mas também em papéis, livros e até fiações elétricas.


Dados Científicos
O cupim é um inseto eusocial -ou seja, possui uma sociedade complexa, na qual há divisão de tarefas entre os indivíduos. Outros exemplos desses insetos são as abelhas, formigas e vespas.

São mais conhecidos como praga de madeira.

Pertencem à ordem Isoptera.


Outros nomes do cupim

Em outros países de língua portuguesa, nosso "amigo" é conhecido por:
Térmite ou térmita em Portugal;
Salalé em Angola;
Muchém em Moçambique;
No Brasil, cupim deriva do termo tupi kopi'i.

Como acabar com os cupins?

Agora que você conhece mais sobre seu "inimigo", é hora de ir à luta!

Há inúmeros métodos para livrar sua casa e seus móveis desse hóspede indesejado. O mais conhecido é a descupinização química, que é feita por uma empresa ou profissional qualificado (ou não).

Mas há também métodos naturais (alguns até mesmo bizarros), porém eficientes, para matar ou acabar com os cupins.

Falaremos sobre todos os métodos aqui no nosso blog, portanto, fique atento e não deixe de conferir.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012 by L DM
Categories: | Leave a comment