Identificando o cupim voador





Como você já deve saber, cupins (ou térmitas, como são chamados em Portugal) podem causar muitos danos à sua casa, e devemos lidar com essa ameaça da melhor maneira possível. Mas ao invés de termos de lidar com uma infestação de cupins, podemos preveni-la assim que avistarmos cupins voadores pela primeira vez em nosso lar. Tudo o que temos que fazer é identificarmos esse inseto voador, e nos certificarmos de que realmente se trata de um cupim. Lembrando que o cupim voador é um reprodutor que está à procura de um lugar ideal para começar uma nova colônia.

Tente primeiro pegar o cupim voador




É uma boa ideia capturar um cupim voador ou um inseto que você tenha dúvidas se pode ser um cupim voador ou não, e colocá-lo em um pote de vidro ou outro recipiente qualquer. Geralmente os cupins voadores se reúnem em torno de uma fonte de luz (lâmpadas, etc.).

Examine a forma


Geralmente o cupim voador tem uma cintura larga e um corpo macio. Mesmo que você possa às vezes confundi-lo com uma formiga alada, note que o corpo do cupim não é como uma armadura, como no caso da formiga. Por isso, o corpo deles é mais frágil do que o de outros insetos.

Antenas


A antena de uma formiga é em ângulo (curvada), e a dos cupins é reta. Essa é maneira mais fácil de diferenciar um cupim de uma formiga.

Aparência


Cupins voadores possuem seis pernas curtas. Se o inseto que você está verificando tem mais de seis pernas, então não se trata de um cupim.

Tamanho das asas


Algo importante a se notar é que os cupins alados possuem 4 asas que são iguais em tamanho e têm o dobro do tamanho do corpo. O cupim voador tende a descartar suas asas, mas mesmo assim ainda é possível ver os tocos de asas em seu corpo.

Como você pode ver, não é tão difícil identificar um cupim voador, basta fazer uma rápida, porém cuidadosa verificação do cupim. Não deixe esses cupins de asas andarem livres por sua casa. São eles que dão início a novas colônias e você deve fazer de tudo para eliminá-los, seja contatando uma empresa de desinsetização (dedetização ou descupinização), ou usando algum dos métodos que já falamos aqui no blog:



Categories: , , , , | Leave a comment

Leave a Reply

Dúvidas e Comentários?