Cupins em apartamentos


A cada ano, cupins atacam milhares de casas e construções. Proprietários gastam muito dinheiro anualmente para fazer o tratamento contra cupins e reparar os danos causados.
Há dois tipos de cupins que frequentemente atacam apartamentos:

Cupins subterrâneos (também chamado cupim da terra) atacam a construção a partir do solo. Eles entram através de rachaduras nas lajes, paredes e pisos. Eles também invadem casas a partir de canteiros de jardim que estejam adjacentes às paredes e fundações.

Cupins de madeira seca não vivem no solo. Eles podem invadir apartamentos diretamente durante suas revoadas de reprodução na primavera e verão. Cupins de madeira seca podem aterrissar na guarnição de madeira em torno de portas e janelas, ou em alpendres e cercas de madeira conectadas à casa. Os cupins voadores (reprodutores) encontram pequenas rachaduras na madeira, dentro das quais irão formar novos ninhos e começar uma nova colônia.


Cupins podem ser devastadores em apartamentos. Eles podem facilmente passar de um apartamento para outro. Cupins subterrâneos geralmente entram pelas juntas de dilatação entre duas lajes. Nessas áreas, os cupins podem atacar com facilidade duas unidades de apartamentos ou mais.

Se os cupins subterrâneos invadem uma unidade, eles podem passar por uma parede comum e invadir a unidade vizinha. Já que o cupim subterrâneo se esconde, ele pode causar danos a múltiplas unidades de apartamento antes que sejam descobertos, geralmente tarde demais.

Cupins de madeira seca também podem se mover livremente entre duas unidades em um edifício de apartamentos. Caso eles tenham infestado guarnições de madeira externas, varandas ou cercas, eles podem ter acesso a várias unidades que estejam conectadas.

Quando qualquer tipo de cupim invade apartamentos, eles podem se mostrar um grande desafio ao tentar exterminá-los. Em vários edifícios, podem ser encontradas várias unidades infestadas.

No passado, quando cupins invadiam apenas uma unidade de apartamento em um edifício, podia ser difícil de encontrar um tratamento efetivo para se aplicar naquele único apartamento. O edifício inteiro tinha que ser tratado. Dependendo do tipo de cupim presente, o tratamento seria cupinicida líquido ou fumigação.

Com o desenvolvimento de métodos mais modernos, por exemplo o tratamento com borato, hoje em dia é mais fácil isolar o tratamento. Em muitos casos, solução de borato pode ser aplicada diretamente na madeira infestada com cupins. Outros métodos são até menos invasivos, sem que os moradores precisem abandonar o local ou mudar sua rotina. Consulte uma empresa ou profissional especializado para saber mais. No nosso blog você também encontrará vários métodos alternativos que você mesmo pode tentar.

Especialistas recomendam que moradores e proprietários façam uma inspeção anual à procura de cupins. Muitas empresas oferecem esse serviço. Associações de condôminos podem entrar em acordo para que todas as unidades sejam inspecionadas ao mesmo tempo.

Saiba mais:





Categories: | Leave a comment

Leave a Reply

Dúvidas e Comentários?